quinta-feira, 25 de março de 2010 às 15:00

Need for Speed Nitro: a franquia continua sem direção

Nota 2/5
Need for Speed Nitro
"Need for Speed" é um dos jogos que ainda me trás um pouco de saudosismo, pois foi o primeiro jogo de corrida que gostei no meu antigo PC 486. Depois dele joguei a versão 2 e 3, abandonando a série por falta de um bom hardware e um vídeo game decente.

Até hoje não fui atrás de jogar as outras versões, porém sei que elas andaram em baixa por um bom tempo. Isso até o sucesso do filme "Velozes e Furiosos" e a transposição dessa linguagem para o "Need for Speed Underground". Com o sucesso veio logo o "Underground 2".

Os lançamentos anuais dos jogos da série desgastou um pouco a franquia. Todo ano era mais do mesmo, com mudanças incrementais. O que estava acarretando uma baixa venda dos jogos e péssimas indicações. A marca está atualmente na corda bamba, mas ainda não foi cancelada.

Para reerguer o jogo, adotou-se como estratégia o lançamento de dois modelos: o Nitro e o Shift. O Need for Speed Nitro (Electronic Arts, 2009) é destinado ao console da Nintendo (DS e Wii) e o Shift é dedicado aos demais. Hoje vou comentar sobre a versão Nitro, que tem uma jogabilidade do tipo Arcade, lembrando muito jogos como Cruis'n USA.

Need for Speed Nitro

Diferente dos jogos passados não tem mais enredo, é apenas correr em circuitos de rua, dentre eles uma fase toda no Rio de Janeiro. Como é um game, temos que engolir uma polícia brasileira fazendo perseguições com carros sports e SUV's.

A jogabilidade com o wiimote não me agradou, mesmo tendo três modos. Com ele na vertical, torcendo o punho nas curvas e balançando o controle para ativar o nitro, fez o nitro disparar acidentalmente algumas vezes. No modo com o wiimote na horizontal perde-se precisão nas curvas, principalmente se comparado com a resposta no "Mario Kart Wii". Por fim, o modo wiimote com nunchuck melhora a precisão nas curvas, mas mantêm o acionamento do nitro no balançar do wiimote.

Need for Speed Nitro

O jogo conta também com suporte aos controles do Game Cube e ao Classic Controller. Eu adotei a jogabilidade com o Classic por me adaptar melhor a ela. Porém, com tantas opções de escolha, há de se encontrar quem goste das outras.

Need for Speed Nitro - tanto no modo Arcade quanto no Carreira - suporta quatro jogadores localmente, o que melhorar no quesito diversão. Por outro lado, um multiplayer on-line faz falta. Na parte gráficos eles acertaram! Não tentaram criar imagens realísticas, ficando apenas num 3D cartunizado.

Claramente a proposta do Need for Speed Nitro é a jogatina em grupo, sem muitas preocupações com efeitos realistas de físicas e imagens estonteantes. O problema é que, mesmo no quesito, o game falha. Esqueceram completamente de melhorar a jogabilidade, que disse adeus a marca desde o "Need for Speed Carbon".

Veja o trailer:

Comentários
1 Comentários

1 [+] :

Daniel Castelo Branco disse...

Pelo começo eu até me empolguei em voltar ao universo NFS, mas sem jogabilidade não vou me aventurar.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for Blogger...